O caso foi parar na Controladoria de Disciplina onde os suspeitos foram autuados em flagrante

Um policial militar da Ativa da Corporação e um ex-PM foram presos em flagrante, na tarde desta quinta-feira (5), pelo crime de extorsão mediante rapto ou sequestro. Os dois foram detidos na cidade de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), por agentes da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Coin/SSPDS) e da Delegacia de Assuntos Internos da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (DAI/CGD).

De acordo com a CVGD os dois homens seqüestraram um morador do bairro Jardim das Oliveiras se passando por policiais civis. Entraram na residência da vítima e informaram que esta seria conduzida a uma delegacia para prestar depoimento. No entanto, cerca de uma hora   depois, a esposa do “preso” recebeu um telefonema em que os supostos “policiais civis” exigiam uma quantia em dinheiro (resgate) para evitar que o marido fosse para a cadeia ou até morto.

O caso foi parar na CGD e, no momento da entrega do dinheiro aos seqüestradores, em Maranguape, ambos foram detidos pelos agentes da Coin e da CGD e não esboçaram reação. A dupla foi autuada em flagrante e, em seguida, passou por exame de corpo de delito na Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Custódia

Segundo a CGD, o policial da Ativa da PM já está recolhido na carceragem do Presídio Militar, enquanto o ex-PM foi conduzido à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap).

Nas próximas horas ambos serão submetidos a uma audiência de custódia, podendo ser beneficiados com liberdade provisória ou terem a prisão em flagrante convertida em temporária ou preventiva.  Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pelas autoridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *